News

Entrevista ao Streamer uP Borba

Mon 16th Nov 2015 - 9:46pm : General

Vem conhecer o jogador português Hugo “Borba” Borba, que começou recentemente a dar cartas com a sua stream diária. Tem 29 anos, joga desde criança, tanto em consolas como em computador, gosta de experimentar todo o tipo de jogos, e não consegue estar muito tempo agarrado ao mesmo. Nesta entrevista, o jogador conta-nos o seu percurso no mundo dos videojogos, e partilha os seus interesses e objetivos para o futuro.


 

 

  • Olá, [uP] Borba. Desde já, agradecemos a tua disponibilidade em nos concederes esta entrevista. Para começarmos, gostaria que nos falasses da tua experiência com videojogos.

Um bem-haja. Bem, o meu primeiro contacto com os videojogos foi aos 4 anos, em 1990, com a minha primeira consola, a Mega Drive da Sega! Pouco tempo depois, já dava uns toques no Spectrum e nos computadores da família. Também fui tendo outras consolas, até ao dia em que me ofereceram o meu próprio PC, com 11 anos.

 

  • Quando foi o teu primeiro contacto com jogos e comunidades online?

Algures entre 97 e 98, munido do meu fiel Pentium II, tive o meu primeiro contacto com jogos e comunidades online. Comecei a jogar online Diablo 1, Quake, Half-Life DM, entre outros, com um modem de 33.6 Kbps, e uma conta de telefone bem choruda! Nessa altura, socializava com outros jogadores e comunidades através do IRC. Aproveito para acrescentar que o meu primeiro upgrade foi comprar uma Voodoo Banshee de 16Mb, para jogar Half-Life com gráficos "ultra realistas".

 

  • Há quanto tempo estás no mundo dos desportos eletrónicos?

O meu desejo de jogar competitivamente surgiu com um mod de Half-Life, o Team Fortress Classic, onde criei o clã AKS, com alguns amigos da escola, e outros membros da comunidade online portuguesa. Liderei esse clã durante cerca de 2 anos, se a memória não me falha. Após essa experiência, passei por várias equipas de Counter-Strike 1.5, 1.6 e Source, e alguns clãs nacionais e internacionais de outros jogos. Joguei também Ultima Online por cerca de 10 anos, inclusivé em servidores de Roleplay. I am good english, yes?

 

  • Quando é que entraste para os uP?

Na altura em que saiu o Guild Wars 2 e ao procurar uma guild nacional, deparei-me com o site dos Grow uP Gaming, no qual me candidatei como membro, tendo dessa maneira tido o primeiro contacto e acesso quase imediato à Associação. Não fiquei muito tempo pelo GW2, comecei a jogar League of Legends com alguma rapaziada que conheci na comunidade, e assim fui conhecendo mais membros e experimentando jogos diferentes, até ao dia de hoje.

 

  • Qual é a tua opinião sobre as comunidades de videojogos?

Da parte das comunidades nacionais e internacionais, em quase todos os jogos, temos de lidar com um clima de imaturidade, toxicidade e intriga, em que nos sujeitamos a agressões verbais e/ou griefing, por vingança ou mesmo sem motivo. Passei muito tempo da minha juventude online, onde conflitos e trocas de insultos sempre existiram, mas não eram uma constante como agora. Sinto as comunidades dos diversos jogos online pelos quais passo a ficarem cada vez mais hostis, onde o uso de profanidades e ataques pessoais são quase regra. Culpo também as empresas responsáveis pelos jogos por não terem um punho mais firme no assunto. A meu ver, há que disciplinar este tipo de situações. Como não me revejo no atual estado dos desportos eletrónicos, nem das comunidades gaming no geral, opto por jogar sempre que possível acompanhado de amigos.

 

  • Neste momento, o que jogas?

Tudo, em consolas e PC. Jogos são a minha paixão!

Só costumo jogar enquanto faço a stream, começando com jogos online, entre as 20h e as 22h, partindo então para uma sessão singleplayer de um atual playthrough entre as 22h e as 24h. A partir das 24h, jogo o que me der na telha.

Os jogos online incluem CS:GO, DoTA 2, jogos Survival, World of Tanks, Payday 2, e mais virão a caminho, pois vou rodando entre jogos.

Singleplayer tenho estado a fazer o meu primeiro playthrough de Dark Souls 2, e mal acabe vou abrir uma votação para que os viewers decidam o próximo jogo.

Fora do horário normal de stream ( 20h-24h ), posso jogar qualquer coisa, sozinho ou com viewers.

 

           

 

  • Que planos tens para a tua stream?

Num futuro próximo, irei até disponibilizar um website com calendário e votação semanal, no qual os viewers poderão votar nos jogos que querem ver na semana seguinte, dividindo o horário de stream entre os jogos regulares e os jogos votados.

Tenho atualmente a funcionar um sistema de pontos, que permite os viewers mais leais comprarem tickets adicionais para os giveaways, que realizo por cada 50 novos followers.

 

  • O que te levou a começar a streamar?

Depois de 2 anos de insistência por parte de vários amigos, decidi partilhar a minha paixão por jogos através do streaming, utilizando o Youtube como arquivo das melhores peripécias e momentos que mais tarde gostaria de recordar. Desta forma rentabilizo o tempo que dedico ao gaming e dou a conhecer semanalmente jogos novos à rapaziada, com o devido feedback e um posterior review.

 

  • Qual o horário em que a stream está online?

Comecei a streamar há cerca de dois meses, e tenho-o feito diariamente, entre as 20h e 24h. Normalmente fico sempre até mais tarde, pois faço jogos com a rapaziada.

 

  • O feedback tem sido bom por parte de quem te segue?

O feedback tem sido misto, pois numa stream de variedade é impossível  agradar a todos. A juntar a isso, existem sempre alguns users com problemas relacionados com buffering e pausas na stream, derivados do ISP, ou do facto de eu ainda não ser parceiro da twitch, pelo que os utilizadores não podem ajustar a qualidade da stream. Já houve inclusive algum trolling e insultos por parte de alguma rapaziada, mas infelizmente isso é algo que faz parte e que foi resolvido com diálogo. Sou uma pessoa calma e ponderada por natureza, mas sei que chegará a altura em que inevitavelmente terei de ser mais rígido. Prefiro tentar construir uma comunidade pequena e acolhedora, onde todos passem um bom bocado, e é nesse sentido que estou a trabalhar.

 

  • Estás satisfeito com os números de seguidores/visualizações alcançados?

Comecei com expectativas muito baixas, e passei alguns dias a streamar sozinho, e a falar para o boneco! No entanto, graças ao pessoal que me tem apoiado, por parte dos Grow uP Gaming, e também alguns viewers que não pertencem à Associação, a stream tem crescido de uma forma bastante célere e consistente. Sozinho não teria conseguido chegar, no espaço de dois meses, aos quase 340 followers e à média de cerca de 15 viewers ativos!

 

  • Consideras que esta experiência tem sido benéfica para ti, como jogador e a nível pessoal?

Como jogador, sinto que ao partilhar o que estou a jogar em stream, gravar momentos engraçados no youtube, e interagir com os viewers, rentabilizo melhor o tempo que passo a jogar. Chego também a aprender com os que me veem e partilham conselhos ou dicas referentes ao que estou a jogar. A nível pessoal, posso afirmar que é extremamente gratificante poder entreter e interagir com os outros, enquanto partilho o que estou a jogar. Já fiz novos amigos, alguns que agora até são membros dos Grow uP Gaming, a que orgulhosamente pertenço. Apesar de pequenos contratempos e situações delicadas que surgiram, estou confiante no investimento que fiz e na continuidade que vou dar à stream. Os bons momentos ultrapassam os maus, sem dúvida!

 

  • Há algum jogo novo que estejas interessado em experimentar durante a stream?

Todos os que a minha carteira permitir. Mas, neste momento, estou particularmente interessado no Fallout 4 e no The Division.

 

  • Se fosse possível, tinhas interesse em jogar profissionalmente?

Não, por falta de tempo e interesse. Como não sou uma pessoa de me prender demasiado tempo a um jogo, não faria sentido jogar profissionalmente. Na altura em que o fiz, jogava no mínimo 4 a 6 horas de Counter-Strike, por dia, e a minha maior conquista foi chegar a nº1 na ladder portuguesa da ESL de CS Source.

 

  • Podemos esperar surpresas em breve?

Sempre, todos os dias aprendo algo novo e recolho feedback da stream e de membros da comunidade. Tenho várias ideias para aplicar, e o website a caminho, que vai interligar a stream e as redes sociais, e introduzir algumas plataformas de interação dos viewers comigo e com a stream!

 

  • Mais uma vez, obrigada, [uP] Borba. Votos de muito sucesso!

 

                                

Podes seguir o uP Borba em:                                             

-  http://www.twitch.tv/borbasgaming

-  https://www.facebook.com/BorbasGaming/

-  https://twitter.com/BorbasGaming

-  https://www.youtube.com/c/Borbasgaming

-  http://steamcommunity.com/groups/BorbasGaming

 

É para quem? É para quem? É para os uP!

 

News writer: Catarina "Ca7y" Sousa

Ca7y

Ca7y

Catarina Sousa

Your Comments

Please register or login to post comments